| Principal | História | Aspectos Gerais | Educação | Os Eventos | Roteiros Turísticos | Saúde|

| Distrito Industrial | Dados Estatísticos | Distâncias Rodoviárias| | Álbum de fotos|


Aspectos Gerais de Passos


O município de Passos pertence à microregião homogênia de Furnas e limita-se ao Norte com os municípios de Delfinópolis e São João Batista do Glória, divididos pelo Rio Grande; ao sul, com os municípios de Bom Jesus da Penha, Jacuí e Fortaleza de Minas; ao leste, com os municípios de Cássia, Itaú de Minas e Pratápolis.

Passos é o principal núcleo urbano da região. Sua população passou de 54.879, em 1970, para 84.515, em 1991, com uma densidade demográfica de 64,75 hab/Km2, segundo o IBGE. A população atual é estimada em 96 mil habitantes.

O município é rico em recursos hídricos, sendo que o Ribeirão Bocaina é o manancial de abastecimento de água a população. O tratamento e abastecimento é executado pelo SAAE, concessionário do serviço deste 1963. Passos foi o terceiro município brasileiro a realizar a fluoretação da água. A rede de abastecimento de água percorre 99% da área urbana, enquanto a rede de esgoto serve a 97%. A energia elétrica chega a 97,5% das residências da área urbana. A coleta de lixo é feita em toda a área urbana e destinada ao Aterro Sanitário construído pela administração municipal.

Como principal pólo regional, a cidade de Passos adquiriu posição de centro de serviços, sendo sede de instituições públicas como a Polícia Militar, DER, Superintendência Regional de Ensino, Diretoria Regional de Saúde, IPSEMG, Centro Regional do CREA, OAB, etc.


Clima: O clima de Passos é tropical chuvoso, com temperatura média anual superior a 18oC. A precipitação média anual é de 1.709,4 mm.


Topografia: A topografia é plana, com áreas levemente onduladas. O ponto mais alto está a 1.224 m, no morro do Bom Descanso, seguido pelo morro do Garrafão, com 1.125 m. A sede situa-se a uma altitude que varia entre 700 e 900m.


Tipo de solo: rochas pré-cambrianas, ricas em minerais primários, com altos teores de potácio, responsáveis pela fertilidade do solo. Área total: 1.244 Km2


Taxa de crescimento da população: 22,5% na última década.


Atividades Econômicas Predominantes: Agroindústria (açucar, fermento, laticínios, frangos), agropecuária, cana, café, milho, avicultura de corte e de postura, suinocultura, indústria confeccionista, serviços.