| Principal | História | Aspectos Gerais | Educação | Os Eventos | Roteiros Turísticos | Saúde|

| Distrito Industrial | Dados Estatísticos | Distâncias Rodoviárias| | Álbum de fotos|


HISTÓRIA


O Povoamento da região de Passos, ocorrido nos princípios do século XIX, foi um dos episódios da expansão territorial da Capitania, verificado com a decadência da mineração do ouro.

Foi assim que João Pimenta de Abreu, acompanhado de familiares, fixou-se na região, tornando-se grande proprietário e pioneiro do povoamento do lugar.

Atraídos pela fertilidade do solo e pela perspectiva de existência de ouro nas margens do Rio Grande, outros foram se estabelecendo nas imediações da Fazenda da Cachoeira, propriedade do primeiro povoado. Aos poucos, formou-se um povoado, o Arraial da Cachoeira.

Em 1835, no patrimônio instituído por Domingos de Souza Vieira e Joaquim Lopes da Silva, teve início a construção da Capela do Senhor Bom Jesus dos Passos, cumprindo-se, assim, promesssa feita por João Pimenta de Abreu. Logo o povoado ganhou a denominação da Capela: Arraial do Senhor Bom Jesus dos Passos.


Na cronologia de Passos destacam-se as seguintes datas:

1836 - Inauguração a 20 de março da Capela curada.

1840 - Em 3 de Abril, elevação do curato à categoria de paróquia, com o mesmo nome, desmenbrando seu território de Jacuí.

1848 - Em 9 de Outubro, a freguesia é elevada a categoria de vila.

1876 - Em 10 de junho, é criada a comarca de Passos.